Atenção domiciliar só é viável com tecnologia eficaz.

01/07/2016

A atenção domiciliar é uma resposta ao modelo Hospitalocêntrico, baseado nos cuidados da saúde em hospitais, que oferece condições de custo x benefício amplamente favoráveis para os pacientes que utilizam essa forma de atendimento.

Segundo Tiago Brandão, Sócio-Diretor da IW – Softwares Inteligentes, o tratamento domiciliar em nada contradiz o atendimento centrado em instituições de saúde, mas o complementa, propiciando maior otimização no uso dos recursos. Os quadros agudos e mais complexos continuam sendo atendidos através do modelo hospitalar, ao passo que os de menor complexidade ou mesmo a complementação do tratamento após a estabilização da fase aguda podem ser direcionados para o home care.

“A combinação das duas formas de atenção em saúde gera um modelo mais flexível de atendimento, com redução do tempo de internação nos hospitais e ganhos expressivos na qualidade do serviço prestado ao paciente. Com a crescente necessidade de diminuição dos custos, a atenção domiciliar é um caminho irreversível e com espaço para ampliação nos próximos anos”, destaca Brandão.

A gestão dos processos de home care é bastante complexa e envolve a sincronização perfeita entre planejamento, programação e execução de serviços interdisciplinares. A figura de um prontuário eletrônico seguro e acessível on-line é elemento fundamental nesse contexto.

“Outro aspecto importante a ser considerado é a necessidade de uma gestão fortemente integrada dos diversos processos que compõem a atenção domiciliar, considerando todas as suas etapas, desde avaliação, orçamentação e prestação do atendimento até o faturamento preciso e seguro, considerando a complexidade das modalidades comerciais desse segmento. Sem uma tecnologia eficaz de processamento da informação, a atenção domiciliar seria inviável”, acrescenta o diretor.

Sob o ponto de vista clínico, a interação eficaz entre as equipes interdisciplinares que atuam no home care é um grande desafio e é onde a tecnologia dá uma importante contribuição como elemento que disciplina, padroniza e estrutura as formas de registro clínico dos pacientes. Dessa forma, é possível harmonizar as diferentes visões e compatibilizar as ações terapêuticas tomadas em conjunto.

Sob a ótica de gestão, a administração eficaz e continuada dos custos é essencial para assegurar eficiência não somente técnica, mas também econômica para as empresas do setor. A combinação e a harmonização dessas componentes são vitais para o sucesso das empresas que investem na área.

MONITORAMENTO À DISTÂNCIA

11/07/2016

Brandão explica que o monitoramento à distância amplia o raio de ação dos agentes de saúde, envolvendo o paciente o tempo todo e onde ele estiver. Com esse modelo de atenção, é possível não somente tratar diversas doenças de forma mais confortável e eficaz, mas também prevenir e orientar no sentido de gerar melhor qualidade de vida com foco na saúde e não na doença. “A atenção com a saúde passa a ser contínua e não mais centrada em episódios agudos direcionados para locais específicos”.

Gestão de custos e controladoria na atenção domiciliar

25/07/2016

A atenção/internação domiciliar vem se fortalecendo como uma importante alternativa para a racionalização dos custos na saúde suplementar. Nesse contexto, surgem diversas e cada vez mais sofisticadas modalidades comerciais praticadas por operadoras ou grupos de autogestão com o objetivo de otimizar a contratação desses serviços. Esse cenário favoreceu o surgimento de um mercado complexo e cada vez mais competitivo, obrigando as empresas que prestam esses serviços se melhorarem cada vez mais para conquistarem credibilidade e competitividade.

Os processos de atenção e internação domiciliar se caracterizam por um conjunto integrado de serviços envolvendo equipes interdisciplinares, sofisticados processos de prescrição e dispensação de medicamentos, integração de prestadores de serviços, como locadoras de equipamentos, fornecedores de gases medicinais, etc. Todos interagem matricialmente compondo uma complexa estrutura interligada de custeio. Considerando a grande diversidade de regras comerciais, pacotes de serviços totais ou parciais, regras de desconto ou franquias baseadas em natureza ou custo dos serviços, gestão compartilhada dos serviços, entre outros torna-se cada vez mais complexa e ao mesmo tempo crítica a implementação de sistemas de custos eficazes e que tragam respostas ágeis e precisas sobre a rentabilidade para orientar os gestores na tomada de decisão.

Esse cenário impõe requisitos importantes para os fornecedores de tecnologia dedicada à gestão da atenção domiciliar no sentido de disponibilizarem ferramentas realmente integradas e com sistemas de custeio on-line que apoiem efetivamente aqueles que decidem durante a execução da prestação dos serviços. Análises de custos gerenciais obtidas mediante fechamentos de períodos pregressos são necessárias, mas insuficientes para a garantia do sucesso e principalmente para proteger os prestadores de serviços da atenção domiciliar de riscos econômicos.

Hoje as tecnologias que apoiam a gestão dos processos precisam embutir na sua essência o conceito de gestão ativa de custos, oferecendo soluções que reduzam os custos, aumentem a eficiência e, fundamentalmente, monitorem continuamente a rentabilidade dia a dia, minuto a minuto.